Saturday, November 28, 2015

Escolas : Visitas de Estudo : O Principezinho, filme animação




 The Little Prince, Mark Osborne, 2015


Depois de França - publicámos no nosso blogue FrançaisLE - e vários outros países, temos agora a possibilidade de ver nas salas de cinema, a última adaptação de um  dos livros mais amados, admirados e lidos dos de todos os tempos. O Principezinho, desta vez é realizado pelo norte-americano Mark Osborne. 

O filme de animação, O Principezinho, adaptação do livro de Antoine de Saint-Exupéry. O Principezinho ou Le Petit Prince que é leitura integrada nas aulas curriculares de Língua Portuguesa (6º ano), e Francês LE (3º ciclo).

Já fiz referência a este filme de animação, neste blog, em Dezembro 2014: 'Tis the Season: Educational Digital Resources. 

Objectivo:

Uma excelente oportunidade para professores organizarem visitas de estudo que enriquecem os conhecimentos curriculares dos alunos, numa aprendizagem activa.

Relembro Um Chá para Alice que divulguei em Janeiro de 2013. Celebrava o clássico de Lewis Carroll através de algumas sugestivas ilustrações contemporâneas sobre Alice (2010)

Fizera também a sugestão de outro filme : Alice in Wonderland by TimBurton in the classroom.


Quer Um Chá para Alice  quer  Exposição Paula Rego (2004) foram exemplos de propostas para o estudo do Texto Narrativo.




 The Little Prince, Mark Osborne, 2015


Informação/Sinopse:

Nesta longa metragem de animação, Osborne faz uma adaptação pessoal, desviando-se  um pouco da história original. O realizador entrecruza duas histórias: a de O Principezinho, associada a uma outra que relata as aventuras de uma menina solitária muito viva e curiosa, mas infelizmente instada constantemente pela mãe a estudar, de modo se tornar uma adulta inteligente e capaz de se adaptar ao mundo adulto, competitivo e difícil. 

Mas há um excêntrico e bondoso vizinho, O Aviador que a distrai por completo. A partir deste encontro inesperado com o Aviador, a menina vai abrir-se a um mundo imaginário.


The Little Prince, Mark Osborne, 2015

O Aviador oferece à sua nova amiguinha uma experiência única de vida. Um mundo extraordinário onde tudo é possível. Um mundo que ele mesmo vivenciou, na sua adolescência, pelas mãos de O Principezinho.

Ensino: 
Escrevi com frequência sobre a importância das visitas de estudo como ferramentas imprescindíveis de enriquecimento curricular.

Os professores de Línguas - Português, FrancêsLE - e Artes vão certamente aproveitar uma ida ao cinema com os seus alunos para: 

  • Explorar a obra de Saint Exupéry, O Principezinho, sob o ponto de vista do texto narrativo, da vertente estética, bem como das técnicas do filme de animação.



The Little Prince, Mark Osborne, 2015

  • Explorar este recurso educativo digital, baseado numa obra que faz parte do PLA (6º ano) e 3º ciclo (FrancêsLE), para veicular conhecimentos literários e estéticos aos alunos de uma forma interactiva.
  • Várias aprendizagens e/ou consistência de competências poderão ser complementadas neste tipo de actividade educativa de enorme alcance pedagógico para o desenvolvimento pessoal dos adolescentes. 

É óbvio que todos os alunos sairão enriquecidos com esta visita de estudo a uma sala de cinema, para ver O Principezinhofilme de animação, na descoberta original de um texto narrativo novas tecnologias ligadas à criatividade. 

Forte motivação para o desenvolvimento, poder de organização de conhecimentos, e sentido crítico e estético. Os alunos sairão mais convictos das suas capacidades criativas no domínio das áreas curriculares. 

Antes de ir ver o filme, devem os professores, debruçar-se sobre a obra que serviu de motivação O Principezinho, a esta obra do cinema de animação.




Google doodle 110º aniversário Antoine de Saint Exupéry

Livro(s):

Podem recorrer, quer os professores de Línguas, quer de Artes ao doodle que a Google criou para celebrar o 110º aniversário de Saint Exupéry (2010).

Relembrar que O Principezinho fez 70 anos em 2013. Publicado pela primeira vez a 6 de de Abril de 1943, o livro de Antoine Saint-Exupéry comemorou em 7 Abril 2013, 70 anos de existência.

Informar ou solicitar a pesquisa (adaptação ao nível etário e de aprendizagem) sobre esta história mítica que continua a ser um sucesso planetário, e tem milhões de exemplares em todo o mundo (referido em Le Nouvel Observateur, 2013)

Le Petit Prince, Antoine de Saint-Exupéry

Illustração: Pierre Echevin

http://referentiel.nouvelobs.com/

Le Monde publicou em 1999, uma lista dos cem livros mais importantes do século XX em que Le Petit Prince aparece em quarto lugar (cf. site SensCritique).





Recursos Impressos:
  • Edições em Francês:
É o livro mais vendido de sempre pela editora francesa Gallimard. A primeira publicação foi em inglês e francês em 1943 pela Reynal & Hitchcock, em Nova Iorque, onde o escritor e aviador francês, Saint Exupéry se exilou quando a França estava ocupada pelos nazis.

  • Edições em Português:
Para além das edições normais de O Principezinho, em 2009, a editora Presença lançou uma edição especial de O Principezinho, livro Pop-up (para os mais novos). 




O Principezinho, edição em Braille

Há ainda as edições da história em:

O Principezinho capa preta
tradução: Rui Santana Brito & Manuel S. Fonseca
editora Guerra e Paz
http://www.guerraepaz.net/

Há uma nova edição de O Principezinho, a mais recente versão da obra (Novembro 2015).Tem a particularidade de ter a capa preta, onde sobressai a “dimensão galáctica da história, do périplo de O Principezinho, desde o asteróide B 612 até cair na Terra, através das estrelas que saltam à vista logo na capa,” e recupera todos os desenhos de Antoine de Saint-Exupéry.

“A história releva a importância das coisas simples da vida: O Principezinho só encontra desilusão nos outros asteróides e na Terra. E volta para o seu planeta, mais pequeno, mas onde se sentia feliz.

É uma parábola sobre os elementos simples e ternurentos da vida“, assim resume a história, um dos tradutores, Rui Santana Brito.







  • Recursos digitais: Filme de animação:

O filme adapta a história de O Principezinho, tendo como protagonista uma menina e o seu vizinho Aviador, que lhe conta as histórias das suas viagens e de como conhece, um dia, O Principezinho.

Trata-se de um excelente recurso digital para o estudo do Texto Narrativo, na obra de leitura integral, proposta pelo Plano Nacional de Leitura para os curriculos já referenciados.

O filme original é em francês. Apesar de esta ser a primeira vez que o livro de Saint-Exupéry dá origem a um filme de animação, não é o primeiro filme baseado na obra. 

O principezinho, a rosa, a raposa surgem-nos mais vivos e reais, levando as crianças e por que não os adultos a manterem intacta a capacidade do maravilhamento perante a beleza da obra de Saint-Exupéry.



The Little Prince, Mark Osborne, 2015

Minhas considerações:

Gosto de filmes de animação. Considero-os excelentes recursos educactivos digitais que se podem adaptar aos objectivos curriculares.

Introduzi muitos filmes de animação, e outros filmes, nos curriculos que leccionei. E os resultados foram sempre magníficos. 

Este recurso digital poderá ser adaptado aos objectivos pedagógicos que nos propomos, conferem uma lufada dinâmica e criativa aos programas escolares. Impossível esquecer que a imagem domina a realidade de todos nós, e muito mais dos nossos alunos. Eles são muito receptivos a este tipo de recurso.


Curriculos: Línguas ; Artes.

Níveis : Ensino Básico 2º ciclo (6º ano) ; Ensino Básico (3º ciclo) ; Ensino Profissional (multimedia, designer).




The Little Prince, Mark Osborne, 2015

Alguns pensamentos:

Introduza os seus alunos a riqueza e diversidades de filmes de animação que conjugam conhecimentos e/ou aprendizagens em várias áreas curriculares.

Verá resultados surpreendentes, mesmo em alunos com baixo aproveitamento em aulas ditas teórico-tradicionais.

Os conhecimentos, informações, e ideias partilhadas em espaços de aprendizagem interactiva podem envolver os alunos nas competências e aprendizagens a desenvolver ou já desenvolvidas nos currículos, apoiando assim a sistematização.

Visitas de Estudo, uma estratégia científico-didáctica importante que nenhum educador pode ignorar, sob pena de não facultar aos seus alunos, sobretudo aos alunos oriundos de meios sócio-económicos mais desfavorecidos, experiências de vida que podem não voltar a ter.

Cinema, neste caso, filmes de animação, são excelentes estratégias para os alunos experienciarem o contacto directo com vários tipos de leitura - impressa, digital, bem como a criatividade  na adaptação de obras literárias.

Filmes, no caso presente, filmes de animação, podem ser geridos como recursos educativos digitais, apoiados numa boa adaptação curricular - programação prévia de todas as actividades a desenvolver - com o objectivo de empenhar os alunos nas suas aprendizagens, como aprendentes activos e não meros espectadores pacíficos.

Devemos, como pedagogos, tornar o ensino e aprendizagens atractivos.


Espero que esta proposta tenha convencidos professores a acompanhar os alunos ao cinema para uma visita de estudo.

G-Souto

28.11.2015


Tuesday, November 24, 2015

Schools : UNESCO photo contest to promote sport values




César Evora
Portuguese Olympic Champion

Do you believe in the power of sport? Have you seen the impact of sport values in your community or school?

UNESCO has launched a photo contest that showcases the unifying Power and Values of Sport


  • Aims:

Sport values such as fairness, equity, respect, or inclusion, can equip young people with the knowledge and skills needed to tackle 21st century challenges. 

Engagement in targeted sport-values education programmes contributes to the development of self-confidence, healthy lifestyle choices, life skills, and an understanding of rights.



Sports provide us with beautiful, jaw-dropping photography. Pictures have an incredible ability to capture - in instant shot - those unique values that sport entails. 

  • Target:


UNESCO invites professionnals and amateurs to send one photo which captures the power of sport values and their impact on young people within your community. 

The best 15 photos will be published in a UNESCO photo book on sport values and exhibited at the Organization’s Headquarters.


Five winners will be invited to present how their photos illuminate the power of sport values. 

  • Deadline:

Thursday 3 December 2015 at 12:00 GMT+1.




Medallist David Weir
credits: Getty Images


To participate, the photo must be sent to sportvalues(at)unesco.org along with a 150-200 words testimony/story in English, French or Spanish, explaining how sport values impact young people in your community, by Thursday 3 December 2015 at 12:00 GMT+1.




Sport in school


Education:

“Sport has become a world language, a common denominator that breaks down all the walls, all the barriers. It is a worldwide industry whose practices can have widespread impact. Most of all, it is a powerful tool for progress and for development”,

Ban Ki-moon, UN Secretary-General 

These are the words of the UN Secretary-General on the International Day of Sport for Development & Peace last May 2015

Due to its vast reach, unparalleled popularity and foundation of positive values, sport is ideally positioned to contribute towards the wolrd objectives for development and peace. 

We need this power more than ever today, after the 13 November in Paris to strengthen the grounds for more inclusive and sustainable development and lasting peace.




Please invite your students to participate in this contest sending a photo that they can shot in school or outside school.

Students must indicate the first and last name, together with their contact details and profession. 

  • Photo composition and format:


  • The photo must be dynamic and express movement;
  • The photo must be in colour and in high resolution (minimum 300 dpi);
  • Dimensions can either be portrait or landscape, and the format can be either portrait, photojournalism, street photos, or sport photos;
  • Signatures, photographers’ names, or copyright notices should be submitted along with the photo;
  • The photo must be sent by email, in digital format, as a .jpg file

  • Contest winners:

A minimum of 5 winners and 10 runners-up will be selected. 

UNESCO will publish the results of the photo contest on Wednesday 9 December 2015. Winners and runners-up will be notified directly. 

The 5 winners will receive a Canon DSLR Camera and will be invited to an international event on Values Education through Sport (UNESCO Paris, France, 28-29 January 2016). Travel and accommodation will be borne by UNESCO. 




  • Contest winners and runners-up will receive:


  •  Hard copies of the photo book featuring the best photos;
  • 1 Set of post-cards featuring the best photos;
  • 1 branded T-shirt.

Sport and physical education are especially important for young people, for their health and civic engagement.

Sport has historically played an important role in all societies, be it in the form of competitive sport, physical activity or play. But one may wonder: what does sport have to do with peace?

Sport can no longer be considered a luxury within any society but is rather an important investment in the present and future, particularly in developing countries.
Sport is a pillar of a healthy society, at ease with itself, united in its diversity, based on human rights and equal dignity. It provides a field for passions to be shared, for communities to come together, for the disadvantaged to be empowered.

G-Souto

24.11.2015
Copyright © 2015G-Souto'sBlog, gsouto-digitalteacher.blogspot.com®

Creative Commons License
Schools: UNESCO photo contest to promote sport values bG-Souto is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.